Interpretação

Pessoal

Interpretações, Significados e Análises de Letras de Músicas

Análise de "Há Tempos"

O grande poeta e piscólogo,
Renato Manfredini Jr.
     Demorei um pouco para postar este artigo aqui no blog, em razão de uma frase (o último verso da letra): "lá em casa tem um poço, mas a água é muito limpa". Não tinha nenhuma noção do que poderia tratar essa frase. Mas então, pesquisando e refletindo um pouco, religando minhas idéias, veio à minha mente, do nada, o significado desse versinho. Significado este que desvenda toda a canção.
     A primeira coisa que se deve saber é que duas personagens atuam na letra de "Há Tempos". É estabelecido um diálogo entre duas pessoas, embora haja um eu lírico específico.
     Nesta canção, "Renato" fala à uma menina, que pensa que seus problemas adolescentes são muito graves, sobre a realidade da vida.

     "Parece cocaína, mas é só tristeza". Nesta frase, além de descrever o estado emocional da menina, Renato Russo sugere também que o problema enfrentado por ela, seja qual for, já não é tão grave, já que a tristeza, embora não seja lá o melhor dos sentimentos e sensações, é muito mais fácil de "curar" do que o vício em uma droga (no caso, cocaína).
     Renato sugere ainda que muitos dos problemas da menina surgem do cansaço e da solidão, que são, de certa forma, opções que se tomam, afinal, ninguém, a não ser que queira, é totalmente sozinho. É ainda também uma escolha cultuar o cansaço, cultivá-lo e favorecê-lo com a auto-piedade. E tais escolhas resultam numa perda de virtudes, de valores, que serão desperdiçados, transformados em descompasso.
    Então, Renato, na voz do eu lírico da canção, diz: "Há tempos tive um sonho. Não me lembro. Não me lembro.". Ou seja, o mesmo eu lírico que aconselhava e sugeria coisas para a menina confessa que passa pela mesma situação que ela, ou quem sabe situação pior que a dela. Afirma que já não tem sonhos, objetivos. Que hoje já não se importa com os seus desejos, desejos que há muito tempo não existem.
     Na terceira estofre o eu lírico põe em ênfase a tristeza da menina, mas afirma: "hoje o dia é tão bonito" e, como uma forma de convencer a menina de que sua tristeza não a levará a nada, lembra que não estão acostumados a ter um bom dia e que, apesar de tudo, um bom dia deve ser aproveitado.
      "Os sonhos vêm, os sonhos vão e o resto é imperfeito". Nesse momento, o eu lírico quis dizer que nem sempre se consegue realizar os sonhos e por isso, com o tempo, acabam indo embora. Acabamos esquecendo dos sonhos, mas isso é normal.
      É quando, então pela primeira vez, apesar de em voz indireta, a menina "aparece" no diálogo. "Disseste que sua tua voz tivesse força igual à imensa dor que sentes, teu grito acordaria não só a tua casa, mas a vizinhança inteira.". Esta é uma afirmação da menina, que fique bem claro. Ela acha que sua dor é muito grande e grave, é imensa.
     Entretanto, o eu lírico - na voz do Renato - expõe à menina as realidades do mundo, da vida. Fala da maldade humana, dos jovens que adoecem, da ausência do encanto infantil, dos sorrisos enferrujados, do acaso, único e exclusivo mecanismo de proteção e abrigo para quem precisa.
     E continua: "Meu amor, disciplina é liberdade, compaixão é fortaleza, ter bondade é ter coragem.". Com esses versos, Renato Russo quis dizer exatamente o que disse. E, enfim, finaliza com a frase que tanto me intrigou e que relatei no início do artigo: "lá em casa tem um poço, mas a água é muito limpa".
     Um detalhe que muitos esquecem e se mostra fundamental para o entendimento dessa frase é que antes dela, a letra fala "Ela disse:". Isso significa que a frase é a fala da menina. E essa fala mostra que a tentativa do eu lírico de convencê-la de que sua dor não é a maior do mundo e que muitas pessoas enfrentam situações piores deu certo, já que ela admite ter um problema, mas admite também que apesar de haver esse problema (lá em casa tem um poço), ainda há solução (mas a água é muito limpa).

O Clipe Original da música Há Tempos.
Embora a qualidade de imagem não seja boa, é um prato cheio
para quem, assim como eu, é muito fã da Legião Urbana.

Sobre a Autora:
Thamirys PereiraThamirys Pereira tem catorze anos, é aluna do curso integrado ao ensino médio de Controle Ambiental no IFPB e idealizadora do Blog Interpretação Pessoal.

Continue lendo sobre Thamirys Pereira ou Sobre o Blog Interpretação Pessoal.

# Compartilhar

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

34 comentários:

  1. A minha interpretação pessoal acerca dessa música é que ele fala dele já doente; Podemos ver isso nas passagens 'E há tempos são os jovens que adoecem..' e em 'Dissestes que, se tua voz tivesse força igual à imensa dor que sentes, Teu grito acordaria não só a tua casa, mas a vizinhança inteira...'

    Bem, essa é a minha música preferida da banda. Junto a índios e Tempo Perdido. Ah, eu gostei do texto, mas achei um pouco grande. EU i, mas será que todos os leitores conseguem chegar ao fim de texto?

    Parabéns pelo blog. Se quiser conhecer o meu, esteja a vontade. *--* http://hypercooll.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a parte que eu mais gosto é, na verdade na musica eu sei : "somos pássaros novo longe do ninho" eu acho que fala de jovens que estão longe de casa. deem uma opinião sobre essa frase que eu acho uma das melhores.

      Excluir
    2. e a parte "há tempos nem os santos sabem ao certo a medida da maldade" fala que tem pessoas que são tão boas que não sabem a quantidade de maldade que tem o ser humano.

      Excluir
  2. Gabriel Lima: sim, sua interpretação faz sentido, mas repare no tempo verbal e nos pronomes que o Renato Russo usa: "são" (eles/elas), "dissestes" (tu) e o pronome possessivo "tua". Ele não se refere a si mesmo e sim a outra pessoa. No mais, muito obrigada pelos elogios e, quanto à sua preocupação, concordo. Mas não tem como analisar a música num texto menor.

    ResponderExcluir
  3. eu acho que tem como analisar a musica com um texto menor sim , se quiser pode ver as minhas postagens que estão por chegar

    ResponderExcluir
  4. Eu achei que o texto ficou otimo e nunca li uma interpretaçao da musica tão boa. Quando o texto está tão bom o leitor nao vai se importar com o seu tamanho. Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Parabens cara, voce é muito fera, quase choro lendo a interpretação da melhor obra de Renato(em minha opiniao).

    Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  6. Cara, você é muito bom. Parabéns

    ResponderExcluir
  7. concordo plenamente , a musica foi explicada de forma coerente....essa letra relmente é um pouco complicada de expressas em palavras e vc conseguiu , e nao importa o tamanho do texto o que importa é a explicaçao.... Parabéns...

    ResponderExcluir
  8. Nossa, parabéns .
    Poderia me ajudar?
    Na letra da música Mais uma vez existe um pronome que foi usado para referir-se ao receptor do eu lírico. Tem tres trechos da música que tem esse pronome
    Alguém pode ajudar?
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querido anônimo!
      Esta sua pergunta me cheira à questão de gramática da escola. Mas tudo bem, vamos lá.
      Os pronomes formam um classe gramatical de palavras que podem substituir um nome.
      O receptor de um poema ou uma música diz respeito ao leitor ou a quem ouve.
      Sabendo disso, o que se quer procurar nesta canção é uma palavra que caracterize a fala direta com o leitor/ouvinte.
      Creio eu que a resposta seja "Você" (pronome de tratamento, que também pode ser tido como pronome pessoal quando substitui o sujeito). Este pronome se repete três vezes:
      "Tem gente que está do mesmo lado que você"
      "Se você quiser alguém em quem confiar"
      "Ou que você nunca vai ser alguém".

      Excluir
  9. É a melhor texto sobre a música q eu li, mas a ultima frase ainda está a desejar

    ResponderExcluir
  10. Eu estive pensando sobre a ultima parte da musica, e tenho uma teoria mais russiana do q a do texto. A palavra poço pode ter o sentido de abismo, lugar escuro, profundo, inabitavel... Então ao fim da conversa a menina teria dito q ela (representada pela palavra casa, já q no inicio da musica a palavra cidade representa a sociedade) tem um poço onde a agua (sua ideologia, seus pensamentos, utopias, sua matéria prima, seus sonhos) são muitos limpos e ela vé isso como algo ruim por que estando a casa dela na cidade (ela na sociedade) em breve suas ideologias estaram contaminadas, sujando algo tão raro e puro. Daí o motivo de sua tristeza, já q durante sua infancia e sua juventude ela cultivou coisas tão puras e limpas e foi tão feliz- como no momento em q se usa cocaína- e agora ela acorda pra esse nova vida e sente uma tristeza comparada a quem acorda pós-coca. Desculpe a falta de pontuação adequada, eu escrevi pelo meu cell e ele é muito limitado não pude nem revisar o texto :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Anônimo,

      é uma teoria muito boa! Sendo assim, sendo a menina a casa, a gente pode também levar em consideração que quando se diz "dissestes que se tua voz tivesse força igual a imensa dor que sentes, teu grito acordaria não só a tua casa, mas a vizinhança inteira..." a vizinhança são outras pessoas, os amigos, a família e todo mundo que não percebe essa tristeza que ela sente.

      É um modo de se ver muito bom. Mas acredito que, no fim, não se muda muito o contexto geral. No mais, Obrigada!

      Excluir
    2. Q bom q vc gostou kkkkkkkkk Fiquei muito feliz. Acho q a parte: "teu grito acordaria não só a tua casa mais a vizinhança inteira" é um poquinho diferente da q vc colocou em palta. Na hora em q ele fala para a menina que só os sonhos podem ser perfeitos (como a agua limpa) e q o resto é imperfeito, ela retruca dizendo: q se o q ele estiver falando for verdade então a agunia dele (teu grito) deveria ser muito grande, por saber q nada pode ser como ele havia sonhando, a ponto de acorda-lo "da vida de sonhos" e de acordar todos aqueles com convivem com ele. Pouco importa minha interpretação, o q importa é q vc conseguiu desvendar o contexto geral (q não muda). Parabéns!!!!

      Excluir
  11. sugiro que leia o texto do encarte,
    até seria interessante ver sua interpretação dele..
    Os versos
    "disciplina é liberdade, compaixão é fortaleza, ter bondade é ter coragem."
    são trechos de Tao Te Ching e do Sutra de Lotus..

    Quanto á frase inicial,
    "parece cocaina" você só saberá
    se experimentar a depressão/ressaca da cocaina.
    Sentir uma tristeza que parece essa
    é confuso..

    (importante lembrar que esse é um album conceitual,
    apesar de que o Renato afirmou
    que foi um album basicamente
    sobre "amor fisico" rs
    é extremamente filosófico-espiritual)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim, essa parte que fala, parece cocaína mais é só tristeza, seria quem procura cocaína esta procurando a felicidade, energia, mas na verdade o que vem após o efeito e só sentimento de tristeza, depressão, angustia ansiedade, e na frase final, ela diz Lá em casa tem um poço, mas à água é muito limpa, para mim ela por esta poluída por usar drogas, e se encontra deprimida, só aquele poço era a solução, mais por a água ser limpa, não merecia ser contaminada pela sua impureza.

      Excluir
  12. Grande interpretação. Renata e suas letras nos leva pensar sobre a vida.

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho um pouco de dúvida com isso, mas se você perceber a letra inteira está com com metáforas de "coisas desajustadas"(descompasso, como diz na letra). Aí vem um eu-lírico que diz "Tua tristeza é tão exata", "hoje o dia é tão bonito(não deveria ser)";"Nem os santos tem ao certo a medida da maldade" "Há tempos são os jovens que adoecem", "há ferrugem nos sorrisos".
    "Disciplina é liberdade"; "compaixão é fortaleza(no sentido de guerra), "ter bondade é ter coragem(não deveria ser, ser é bom é coisa já boa em si mesma)... O eu-lírico de tanto "se acostumar" com coisas desse tipo. Não tem esperança em si mesmo. Pra ele a água não deveria ser tão boa pra ele. Ela deveria ser suja como tudo é sujo.
    Pelo menos essa é minha interpretação.

    ResponderExcluir
  14. Olha, na verdade essa música fala sobre o relacionamento entre um casal, parece "cocaína" metáfora pra vício, mas é só "tristeza" aparência. E o certo é : tua tristeza é tão exata e HOJE EM DIA é tão bonito, pois até isso já não existe mais. Eu fiz a interpretação da letra toda no youtube, inclusive do POÇO...http://www.youtube.com/watch?v=GeykwHHOxM8

    ResponderExcluir
  15. "Lá em casa tem um poço mas a água é muito limpa" Talvez o poço seja onde ela pode jogar os problemas dela mas os erros dela são sujos, a água limpa do poço não iria disfarçar a sujeira de seu problema.

    ResponderExcluir
  16. Renato Russo é um verdadeiro GÊNIO!!! E quem interpretou essa musica também...Parabéns cara e VIVA RENATO! VIVA LEGIAO!

    ResponderExcluir
  17. Ficou demais! Não se preocupe em diminuir o tamanho dos posts, até pq quem gosta de ler sobre essas coisas são os fãs. E para nós quanto mais textos, informaçoes tivermos do nosso ídolo, é melhor!!

    ResponderExcluir
  18. Parabéns! Há tempos tentava entender a última frase que você brilhantemente interpretou.
    Obrigada pelo texto, e tudo de bom para você.

    ResponderExcluir
  19. Caraca,
    eh isso mesmo, me arrepiei todo com essa interpretação.
    Parece que vi o Renato em pessoa me explicando tudo.
    Parabéns. :)

    ResponderExcluir
  20. Cara gostei muito da sua interpretação, Renato Russo era um, gênio então não é nada fácil interpretá-lo, mas gostei muito do seu ponto de vista pessoal!

    ResponderExcluir
  21. Primeiro, cocaína é uma metáfora para o falso desejo deles, ou seja, parece um vício o que um sente pelo outro mas na verdade é só tristeza, segundo, o correto é como o Renato canta: "Tua tristeza é tão exata e HOJE EM DIA é tão bonito", pois eles já estão acostumados a nem ter mais esse tipo de sentimento. Fiz um vídeo fazendo essa interpretação no youtube, inclusive do poço, esse poço o qual ela se refere é a aparência que eles tentam manter de um casal normal, mas essa relação está toda destruída. Clica lá http://www.youtube.com/watch?v=GeykwHHOxM8

    ResponderExcluir
  22. Muito bom seu blog, e concordo em parte das suas interpretações, mais na frase que fala, Lá em casa têm um poço, mas a água é muito limpa, para mim ela acha que o poço é a solução de sua sobrevivência, mas ela acha que não é digna da pureza dessa água por ela se sentir impura pelo uso das drogas que ela consumiu causando então essa grande depressão.

    ResponderExcluir
  23. Nossa eu achava que quando ele canta " la em casa tem um poço mas a água é muito limpa" ele tenta expressar o desejo dos jovens de fazer o que é proibido ele sugere:"lá em casa tem um poço" como se estivesse sugerindo a um amigo para banhar-se ou beber dessa água mas como é limpa não vai ter drenalina perigo algum em fazer isso,pois e típico de jovens gostar de fazer o que é perigoso ou proibido. Mas foi uma análise muito boa.

    ResponderExcluir
  24. Note que ¨la em casa tem um poço MAS a água é muito limpa ¨ , e não ....E água é muito limpa . A água limpa não pode se misturar a mim uma vez que não sou digna de merecer essa água limpa , apesae dela estar esta água no fundo escuro e contido por paredes normalmente de barro do poço , ou seja tenho no fundo uma água muito limpa , infantil , lúdica , pura , virgem .Mas estou me sentindo impura , no escuro do poço , presa no poço e apesar de ter tido e conhecido a água limpa , agora já não posso dele beber , pois descobri que o mundo não é essa água , mas o poço talvez seco ou com água já suja . Como a criança que percebe que tem e é apaixonada pelo pai com o sentimento mais puro do mundo , mas então descobre que esse sentimento é proibido , pois ele é da mãe .

    ResponderExcluir
  25. oi, meu nome é Jose Robson ,sou de São Luis Ma.Meus parabens minha joven VOÇE FEZ UMA ANALIZE INTERPRETAÇAO MaraVILHOSA ,IRA ME AJUDAR MUITO NOMEU TRABALHO DE PORTUGUES.POIS FAÇO O EJA ENSINO JOVENS E ADULTOS.VOÇE ME AJUDOU MUITO.EU NAO TOU NEM AI SE O TAMANHO DO RESUMO,É GRANDE,GRANDE É OSEU TALENTO. PARABENS,VOÇE VAI LONGE.OBRIGADO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ATÉ AGORA NINGUÉM ACERTOU O ENÍGMA DE LA EM CASA TEM UM POÇO....TODOS ERRARAM!!!!...SÓ EU SEI A RESPOSTA....

      Excluir
  26. Sobre o final foi exatamente o que imaginei nesse contexto, mas que não vi em nenhuma outra interpretação, eu entendi como a desistência de um suicídio.

    ResponderExcluir

-Todos os comentários estão sujeitos à moderação da administração do Blog Interpretação Pessoal;
-Para ter seu comentário publicado sem maiores problemas, recomendamos que leia a Política de Comentários do nosso blog.