Interpretação

Pessoal

Interpretações, Significados e Análises de Letras de Músicas

Aborto Elétrico | Fátima

     Dizem que os artistas melhoram com o tempo. Ainda mais os músicos: o amadurecimento se mostra presente nas suas músicas com o passar do tempo. Mas convenhamos, Renato Russo parece ser a exceção dessa regra. Não que eu me negue a perceber a diferença entre as letras das músicas da Legião Urbana e as letras das músicas do Aborto Elétrico (pra quem não sabe: extinta banda formada em Brasília que contava com a presença de Renato Russo e dos irmãos Flávio e Fê Lemos), entretanto, enxergo que tanto umas quanto outras são simplesmente muito boas.
     Com a música Fátima não é diferente. Essa canção, obra de arte do Flávio Lemos e do Renato Russo, não é apenas mais uma música qualquer: é uma canção cuja a letra foi escrita no ápice dos dezenove anos do Renato Russo; é uma canção que retrata toda a visão que o jovem, então vivente em Brasília, tinha sobre o ser humano e sua acomodação perante à vida.

     Dividida entre falar sobre o excesso da religiosidade (jamais da fé), o desprezo à religiosidade e a acomodação, Fátima não é uma música difícil, mas inteligente.
     Renato começa falando de uma certa acomodação que faz com que as pessoas deixem de fazer sua parte e, despreocupadas, não percebam que desse modo acabam prejudicando a si mesmas. E relata ainda o retrato de uma sociedade consumidora e materialista que não se importa com valores e, dentre esses valores, os valores religiosos e a crença em Deus, e que, portanto, pagará o preço dessa descrença e dessa desvalorização.
     E esse preço será cobrado pelo próprio homem. O compositor cita os grandes feitos do ser humano que, se não bem administrados, podem acabar com a própria humanidade.
     Uma ressalva importante é que a Igreja, "representante" oficial de Deus na Terra, é totalmente contra os feitos humanos citados na música, como as bombas de nêutrons e, portanto, Renato pode ter tido como objetivo mostrar que o próprio homem volta-se contra si. E seria essa "volta" resultante da falta da crença em Deus (dos cientistas e das pessoas em geral) que acaba criando a autodestruição humana.
     Renato Russo insiste falando que tudo terá um preço, preço este muito caro, não por acaso. E ressalta o pensamento do ser humano de achar ser superior à Deus. E diz, como que para exercer influência sobre os jovens de sua idade, não querer ser mais um dos que não têm crença.
     E esse grande artista finaliza dizendo que, quando à ânsia do ter junta-se à falta de amor ao próximo, acaba-se o encanto do que é Divino, ou seja, haverá conseqüências e talvez não haja perdão. Quando acaba a compaixão do homem, acaba também a compaixão de Deus, pois, já diria meu pai, Deus é amor e fogo consumidor.


     Há quem diga também que essa música tem relação com os Segredos de Fátima.
     A música Fátima jamais foi gravada pela Legião Urbana, mas foi relembrada no CD Especial MTV: Aborto Elétrico, de 2005, da banda Capital Inicial.

# Compartilhar

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

15 comentários:

  1. não sei não... mas tanto faz

    ResponderExcluir
  2. Análise simplesmente genial, parabéns pelo texto excelentemente confeccionado, e por compartilha sua interpretação.

    ResponderExcluir
  3. Meu ponto de vista esta em paralelo, agradeço por te tirado algumas duvidas com essa interpretação, serviu muito...

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, gostei muito desse ponto de vista, que corre em paralelo ao meu! muito bom mesmo

    ResponderExcluir
  5. essa musica é do capeta, é uma musica ateista

    ResponderExcluir
  6. É simplesmente um clássico do rock nacional!!!

    ResponderExcluir
  7. Fátima poderia fazer referencia a uma Bomba de neutrons chamada FAT MAN ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A bomba atômica que foi lançada sobre Nagasaki? Sim! Creio que pode, sim, ser uma referência, já que as bombas nucleares são citadas na canção.
      Ótima observação, Anônimo!
      Obrigada!

      Excluir
    2. Na verdade não e, bomba nucleares e um tipo de bomba diferente das bombas de neutrons, e a bomba que foi jogada em Nagasaki era bomba nuclear.

      Excluir
  8. A analise esta otima mas eu eu queria mesmo era entemder quem eram as tres crianças sem dinheiro e sem moral e afinal quem era Fatíma ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe uma estória católica de uma santa Fátima, acredito que é referente a ela

      Excluir
    2. Creio que Fátima era uma das três crianças. Infelizmente vamos ficar só no achismo pois Renato não está mais entre nós. Porém ele deixa está música com ampla interpretação. A cada vez que se escuta a música pode mudar a concepção. Genial

      Excluir
    3. Refere-se às "Aparições de Fátima", episódio em que o catolicismo acredita que a Virgem Maria apareceu a "três crianças" na cidade de Fátima, em Portugal, e fez-lhes revelações proféticas sobre a primeira e a segunda guerra mundial. As crianças eram pastores de ovelhas e inicialmente foram desmoralizadas, sendo perseguidas e até presas em consequência de seu relato das aparições.

      Excluir
  9. acredito que a música, também, faz referência ao "segredo de Fátima". Onde essas três crianças, Anônimo, sejam as três crianças a quem foi revelado - pela própria Virgem Maria - três segredos. Os mesmos foram revelados posteriormente. Os dois primeiros foram revelados em 1941. O terceiro, somente em 2000.

    ResponderExcluir
  10. Pelo que lembro de muleke, quando curtia rock nacional 80", achavamos que fatima era uma alusão as drogas, apelido da "farinha" (cocaina), por isso que as tres crianças que parece estar relacionado com a suposta aparição em portugal, se nao me engano, estavam sem dinheiro e sem moral.

    ResponderExcluir

-Todos os comentários estão sujeitos à moderação da administração do Blog Interpretação Pessoal;
-Para ter seu comentário publicado sem maiores problemas, recomendamos que leia a Política de Comentários do nosso blog.